Enólogo

Fernando Martinez Relanzon nasceu em 1974 e foi o primeiro membro da quinta geração de uma família dedicada ao vinho.
Neto do presidente dos enólogos da Espanha e nariz de ouro europeu, tinha pela frente o desafio de manter essa linhagem antecessora , o que lhe serviu como seu constante incentivo.
Fernando estudou engenharia agrícola na Politécnica de Valência, agrônomo especializado em viticultura na Universidade de Castilla La Mancha , título de enólogo , mestre em enologia e viticultura pela UNESCO .... tudo parte de uma ampla formação, prelúdio de sua consagração ao mundo dos vinhos.
Trabalhou nas vindimas da adega famíliar desde menino ; peão adegueiro com seu pai na adolescência e adegueiro em sua juventude em adegas como o Pago de Vera de Estenas ou a adega Oria Aranleon.
Dedicado à pesquisa em vinhedos no IVIA, ele funda sua própria adega na Portera Requena em 2005.
O pai de nosso enólogo , Fernando Martínez Roda, foi o criador do primeiro grande vinho valenciano com envelhecimento em madeira, de quem Fernando herdou, além do nome, o amor pelo vinho e pelas coisas bem feitas .
Da grandiosa figura de seu incansável avô , Francisco Martínez Bermell , herdou os três segredos de um adega:, limpeza, limpeza e limpeza. E se nos reportamos à fundadora desta família de viticultores , Fernando leva no sangue, o espírito global desta mulher avançada à sua época, que já no século XIX exportava vinhos para outros continentes como a África .
Atualmente Fernando é o enólogo das bodegas e vinhedos Ladron de Lunas, formada por uma grande equipe que incorporou os ensinamentos desta família , uma tal sabedoria que se repassou à linha de vinhos Nicolás e se complementando com um toque de frescor à linha Bisila, a que representa os valores de solidariedade e compromisso com os quais esta adega está firmemente comprometida .